Manchas na pele: quais os tipos e como prevenir

São muitas as pessoas que perguntam como cuidar/tratar as manchad da pele. O que é certo é que na maioria das vezes estas mancha"s não são graves, mas geralmente são associadas à imagem de uma "pele envelhecida".


O que são e porque aparecem manchas na pele?


As manchas na pele devem-se a alterações na uniformidade da cor de uma determinada zona devido a uma distribuição irregular da melanina (responsável pela pigmentação da pele). A maioria da vezes não são mais do ue um problema estético, mas convém vigiá-las de perto.

Tal y como veníamos comentando, la mayoría de las veces no suponen más que un problema estético, pero hay veces que conviene vigilarlas de cerca.


Tipos de manchas na pele

  • Sardas e sinais: aparecem durante a infância/adolescência e não necessitam de nenhum tratamento, a não ser que seja realmente indicado por um dermatologista. As sardas costumam aparecer a pessoas "cenourinhas" e com a pele muito branquinha. Intensificam-se com o sol, pelo que é bastante importante proteger as zonas onde se concentram para que se evitem problemas maiores. Se forem algo genético, são bastante difíceis de eliminar. Quanto aos sinais, mesmo que não seja necessário tratamento, deverão ser revistos de vez em quando para ver se crescem ou se adquirem tonalidades diferentes do habitual. Caso haja alguma alteração é importante consultar um médico.

  • Manchas solares: geralmente são manchas "castanhas escuras", bastante comuns, que aparecem devido a uma exposição prolongada à luz solar. As zonas onde aparecem com mais frequência são a cara e as mãos, mas também podem aparecer nos braços e no decote. As pessoas com pele mais madura também podem experienciar a aparição destas manchas, mesmo que não apanhem sol de forma direta. Tal facto deve-se à diminuição de produção de células de melanina que ocorre com a idade e faz com que a pele seja mais vulnerável às agressões externas.

  • Melasma: a sua aparição pode estar relacionada com alterações hormonais, pelo que ocorrem, na sua maioria, em mulheres grávidas ou na menopausa. A diferença entre o melasma e as manchas solares são as manchas em castanho claro que aparecem especialmente no rosto. Nas gravidas, geralmente desaparecem de forma gradual depois do parto.

Como tratar este tipo de manchas?

Deixando de lado as sardas e sinais, que acho que além de serem bonitos nos dão uma certa personalidade, aqui vão algund conselhos para prevenir o resto dos tipos:

  • Proteger-se do Sol: muitas vezes aparecem manchas pela exposição prolongada ao sol e, por isso, é muito importante proteger-se bem dos raios solares. Todas as peles são diferentes e precisam de cuidados específicos mas, de um modo geral, é recomendável usar um fator de proteção alto (especialmente nos primeiros dias de sol) e evitar as horas em que os raios solares são mais intensas (entre as 12h e as 16h).

  • Ganhar a corrida contra o tempo: o envelhecimento é outro dos motivos de aparecimento de manchas. A nossa pele perde força com o passar do tempo e, por isso, convém aplicar cremes anti-manchas e anti-idade (a idade recomendada para o começar a fazer é a partir dos 30 anos). Na verdade "mais vale prevenir do que remediar".

  • Prevenção durante a gravidez: quando se está gravida é importante reforçar a precaução. Por isso, é recomendado que se tenha especial cuidado com o sol e deve usar-se cremes ricos em vitamina C.

Agora que já conheces um pouco mais sobre os diferentes tipos de manchas, tenho a certeza que prestarás mais atenção e saberás reconhecer que tipo de mancha será, caso te apareça alguma. É importante ter em conta que os tipos de mancas que menciono aqui não são graves, mas há outros tipos de manchas como vitiligo, melanoma, sinais que mudam, que se podem traduzir em algo mais grave. Nesse caso, é aconselhável a visita a um médico.



5 visualizações

Guinoah Cosméticos

Setúbal, Portugal

guinoahbio@gmail.com

0